terça-feira, 21 de fevereiro de 2006




life support exercises





breathe in. breathe out.





Etiquetas: ,


posted by saturnine | 18:30 | 7 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2006




hey you



© Dana Miller



+



eu sou você
você me dá
muita confusão e paz
eu sou o sol
você o mar
somos muitos carnavais

nossos clarins
sempre a soar
na noite, no dia
bahia
vamos viver
vamos ver
vamos ter
vamos ser
vamos desentender
do que não
carnavalizar a vida coração


Caetano



Etiquetas: , ,


posted by saturnine | 02:08 | 2 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 19 de fevereiro de 2006




It's alright, Ma, I'm only bleeding *






Darkness at the break of noon
Shadows even the silver spoon
The handmade blade, the child's balloon
Eclipses both the sun and moon

To understand you know too soon
There is no sense in trying.


Pointed threats, they bluff with scorn
Suicide remarks are torn
From the fool's gold mouthpiece
The hollow horn plays wasted words
Proves to warn

That he not busy being born
Is busy dying.


Temptation's page flies out the door
You follow, find yourself at war
Watch waterfalls of pity roar
You feel to moan but unlike before

You discover
That you'd just be
One more person crying.


So don't fear if you hear
A foreign sound to your ear
It's alright, Ma, I'm only sighing.

As some warn victory, some downfall
Private reasons great or small
Can be seen in the eyes of those that call
To make all that should be killed to crawl
While others say don't hate nothing at all
Except hatred.

Disillusioned words like bullets bark
As human gods aim for their mark
Made everything from toy guns that spark
To flesh-colored Christs that glow in the dark
It's easy to see without looking too far
That not much
Is really sacred.

While preachers preach of evil fates
Teachers teach that knowledge waits
Can lead to hundred-dollar plates
Goodness hides behind its gates
But even the president of the United States
Sometimes must have
To stand naked.

An' though the rules of the road have been lodged
It's only people's games that you got to dodge
And it's alright, Ma, I can make it.

Advertising signs that con you
Into thinking you're the one
That can do what's never been done
That can win what's never been won
Meantime life outside goes on
All around you.

You lose yourself, you reappear
You suddenly find you got nothing to fear
Alone you stand with nobody near
When a trembling distant voice, unclear
Startles your sleeping ears to hear
That somebody thinks
They really found you.

A question in your nerves is lit
Yet you know there is no answer fit to satisfy
Insure you not to quit
To keep it in your mind and not fergit
That it is not he or she or them or it
That you belong to.


Although the masters make the rules
For the wise men and the fools
I got nothing, Ma, to live up to.


Bob Dylan



---------------------------x couldn't take no more x---------------------------



* But she knows she has curse on her
A curse she cannot win.
For if someone gets
Too close to her,

The pins stick farther in.





Etiquetas: ,


posted by saturnine | 11:49 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



i don't want to make him go
he's my friend, i know
i don't want to make him stay
*





* Hope Sandoval & The Warms Inventions





(oh how i need some warm invention)



Etiquetas:


posted by saturnine | 11:42 | 8 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 14 de fevereiro de 2006




(...)


é provável que a noite cobre
a sua dívida de horas mortas
e para o exercício da espera
não me basto
deponho este corpo inútil
que não soube incandescer
agora uma outra devastação
me habita
vou só ali
despenhar-me no silêncio.




Etiquetas: ,


posted by saturnine | 12:05 | 5 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2006




Be VERY careful with what you wish #3


também não quero que te falte nada, amigo Dr. Scepticu. :')






Etiquetas: ,


posted by saturnine | 19:32 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Be careful with what you wish #2


a Menina Alice viu o modulozinho-template-chão-do-Overlook-Hotel e quis um diferente, mas igual. e eu também não quero que lhe falte nada:











Etiquetas: ,


posted by saturnine | 14:28 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 12 de fevereiro de 2006




current mood:






Her skin is white cloth,
And she's all sewn apart
And she has many colored pins
Sticking out of her heart.

She has a beautiful set
Of hypno-disk eyes,
The ones that she uses
To hypnotize guys.

She has many different zombies
Who are deeply in her trance.
She even has a zombie
Who was originally from France.

But she knows she has curse on her
A curse she cannot win.
For if someone gets
Too close to her,

The pins stick farther in.





Tim Burton | Voodoo Girl





Etiquetas: ,


posted by saturnine | 20:38 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2006




(I know)



Do not go gentle into that good night,
Old age should burn and rave at close of day;
Rage, rage against the dying of the light.

Though wise men at their end know dark is right,
Because their words had forked no lightning they
Do not go gentle into that good night.

Good men, the last wave by, crying how bright
Their frail deeds might have danced in a green bay,
Rage, rage against the dying of the light.

Wild men who caught and sang the sun in flight,
And learn, too late, they grieved it on its way,
Do not go gentle into that good night.

Grave men, near death, who see with blinding sight
Blind eyes could blaze like meteors and be gay,
Rage, rage against the dying of the light.

And you, my father, there on the sad height,
Curse, bless, me now with your fierce tears, I pray.
Do not go gentle into that good night.
Rage, rage against the dying of the light.


Dylan Thomas





Etiquetas: , ,


posted by saturnine | 23:19 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Be careful with what you wish...


"O que eu queria mesmo era ter um template com um fundo como a alcatifa do Overlook Hotel."


e como eu não quero te falte nada, olha lá, prontinho a usar. :')







Etiquetas: ,


posted by saturnine | 22:55 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 7 de fevereiro de 2006




current mood, said fred:


nunca te cheguei a dizer que foi o lobo que me salvou as noites [in the mood for lycanthropy].






The motorway won't take a horse
The wanderer has found a course to follow
The traveller unpacked his bags for the last time
The troubadour cut off his hand and now he wants mine

Oh no, not me.

The circus girl fell off her horse and now shes paralysed
The hitchiker was bound and gagged, raped on the roadside
The libertine is locked in jail
The pirate sunk and broke his sail

But I still have to go
I've got to go, so here i go
I'm going to run the risk of being free

The magicians secrets all revealed
And the preachers lies are all concealed
And all our heroes lack any conviction
They shout through the bars of cliche and addiction

So i've got to go
I've got to go, so here i go
I'm going to run the risk of being free

And in this drought of truth and invention
Whoever shouts the loudest gets the most attention
So we pass the mic and they've got nothing to say except:
"Bow down, bow down, bow down to your god"
Then we hit the floor
And make ourselves and idol to bow before,

Well i can't
And i wont
Bow down
Anymore.

No more


Patrick Wolf | The Libertine





Etiquetas: ,


posted by saturnine | 13:00 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2006




Call me manic.

recebi a batata quente Duarte, que tem umas manias muito giras, tem tem. B)


#1 sou uma autêntica Spot Mãos-de-Tesoura. tenho a mania de cortar o cabelo no seguimento de ataques de fúria. mesmo quando faço a mim mesma a promessa que desta vez vou deixá-lo crescer. mas não. é mais forte que eu. há quem, para alívio das suas nóias, corte os pulsos; eu - valha-nos isso! - corto cabelo.

#2 o primeiro filme que vi no cinema foi o Indiana Jones e os Salteadores da Arca Perdida. vi e revi todos os filmes da trilogia dezenas de vezes ao longo dos anos. portanto, além da mania de ver e rever os filmes dezenas de vezes até à náusea em cada bocadinho de tempo livre que tinha, ficou-me a mania irritante (para quem me rodeia) de arranjar para as situações quotidianas e problemas existencialistas paralelismos e metáforas d'après Indiana Jones. B)

#3 tenho a mania das árvores. no fundo, acho que queria ser uma árvore. ando sempre por todo o lado a fotografar árvores e arbustos e afins seres vegetais. dá-me mais forte a partir da primavera/verão, que é quando há muita explosão de cores, formas e perfumes.

#4 eu e as obsessões estéticas. tenho muitas, mas assim agora a mania que me ocorre é a de combinar a cor da roupa interior com a da roupa exterior. quando não o faço, sinto-me angustiada e unfulfilled. :|

#5 tenho a mania de não deixar para amanhã aquilo que posso fazer depois de amanhã. :| adio sempre o mais possível as responsabilidades inadiáveis e, por consequência, submeto-me sempre ao terror da pressão dos prazos a rebentar. quando não tenho pretexto reais para não estar a fazer o que devia fazer, invento-os. como não fazer um trabalho que me pediram para ontem porque senti uma súbita urgência de arranjar as unhas. B)



passo o desafio ao Paulo, ao Ringthane, ao viajador e à Alexandra.



Etiquetas: ,


posted by saturnine | 22:35 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 4 de fevereiro de 2006




Calamity's here!


não tente ajustar as definições do seu monitor, não tente mudar para outra página. nós controlamos a horizontal e controlamos a vertical. só não estamos na quinta dimensão (embora pareça). não se sabe como nem porquê nem até quando, sabe-se apenas que não é ilusão de óptica (infelizmente).






------------------------------------------------------------>







Etiquetas:


posted by saturnine | 21:47 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

spot player special




"us people are just poems"
[ani difranco]


*

calamity.spot[at]gmail.com



~*. through the looking glass .*~




little black spot | portfolio
Baucis & Philemon | tea for two
os dias do minotauro | against demons
menina tangerina | citrus reticulata deliciosa
the woman who could not live with her faulty heart | work in progress
pale blue dot | sala de exposições
o rosto de deus | fairy tales








---------------------------------------------------------------------------------------------------------------


~*. rearview mirror .*~


Maio 2003 . Junho 2003 . Julho 2003 . Agosto 2003 . Setembro 2003 . Outubro 2003 . Novembro 2003 . Dezembro 2003 . Janeiro 2004 . Fevereiro 2004 . Março 2004 . Abril 2004 . Maio 2004 . Junho 2004 . Julho 2004 . Agosto 2004 . Setembro 2004 . Outubro 2004 . Novembro 2004 . Dezembro 2004 . Janeiro 2005 . Fevereiro 2005 . Março 2005 . Abril 2005 . Maio 2005 . Junho 2005 . Julho 2005 . Agosto 2005 . Setembro 2005 . Outubro 2005 . Novembro 2005 . Dezembro 2005 . Janeiro 2006 . Fevereiro 2006 . Março 2006 . Abril 2006 . Maio 2006 . Junho 2006 . Julho 2006 . Agosto 2006 . Setembro 2006 . Outubro 2006 . Novembro 2006 . Dezembro 2006 . Janeiro 2007 . Fevereiro 2007 . Março 2007 . Abril 2007 . Maio 2007 . Junho 2007 . Julho 2007 . Agosto 2007 . Setembro 2007 . Outubro 2007 . Novembro 2007 . Dezembro 2007 . Janeiro 2008 . Fevereiro 2008 . Março 2008 . Abril 2008 . Maio 2008 . Junho 2008 . Julho 2008 . Agosto 2008 . Setembro 2008 . Outubro 2008 . Novembro 2008 . Dezembro 2008 . Janeiro 2009 . Fevereiro 2009 . Março 2009 . Abril 2009 . Maio 2009 . Junho 2009 . Julho 2009 . Agosto 2009 . Setembro 2009 . Outubro 2009 . Novembro 2009 . Dezembro 2009 . Janeiro 2010 . Fevereiro 2010 . Março 2010 . Maio 2010 . Junho 2010 . Julho 2010 . Agosto 2010 . Outubro 2010 . Novembro 2010 . Dezembro 2010 . Janeiro 2011 . Fevereiro 2011 . Março 2011 . Abril 2011 . Maio 2011 . Junho 2011 . Julho 2011 . Agosto 2011 . Setembro 2011 . Outubro 2011 . Janeiro 2012 . Fevereiro 2012 . Março 2012 . Abril 2012 . Maio 2012 . Junho 2012 . Setembro 2012 . Novembro 2012 . Dezembro 2012 . Janeiro 2013 . Janeiro 2014 .


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------


~*. spying glass .*~


a balada do café triste . ágrafo . albergue dos danados . almanaque de ironias menores . a natureza do mal . animais domésticos . antologia do esquecimento . arquivo fantasma . a rute é estranha . as aranhas . as formigas . as pequenas estruturas do ócio . atelier de domesticação de demónios . atum bisnaga . auto-retrato . avatares de um desejo . baggio geodésico . bananafish . bibliotecário de Babel . bloodbeats . caixa-de-lata . casa de cacela . chafarica iconoclasta . coisa ruim . com a luz acesa . comboio de fantasmas . complicadíssima teia . corpo em excesso de velocidade . daily make-up . detective cantor . dias com árvores . dias felizes . e deus criou a mulher . e.g., i.e. . ein moment bitte . em busca da límpida medida . em escuta . estado civil . glooka . i kant, kant you? . imitation of life . isto é o que hoje é . last breath . livros são papéis pintados com tinta . loose lips sink ships . manuel falcão malzbender . mastiga e deita fora . meditação na pastelaria . menina limão . moro aqui . mundo imaginado . não tenho vida para isto . no meu vaso . no vazio da onda . o amor é um cão do inferno . o leitor sem qualidades . o assobio das árvores . paperback cell . pátio alfacinha . o polvo . o regabofe . o rosto de deus . o silêncio dos livros . os cavaleiros camponeses no ano mil no lago de paladru . os amigos de alex . Paris vs. New York . passeio alegre . pathos na polis . postcard blues . post secret . provas de contacto . respirar o mesmo ar . senhor palomar . she hangs brightly . some variations . tarte de rabanete . tempo dual . there is only 1 alice . tratado de metatísica . triciclo feliz . uma por rolo . um blog sobre kleist . vazio bonito . viajador


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------


~*. the bell jar .*~



os lugares comuns: against demons . all work and no play . compêndio de vocações inúteis  .  current mood . filosofia e metafísica quotidiana . fruta esquisita menina aflita . inventário crescente de palavras mais-que-perfeitas . miles to go before I sleep . música no coração  .  música para o dia de hoje . o ponto de vista dos demónios . planos para dominar o mundo . this magic moment  .  you came on like a punch in the heart . you must believe in spring


egosfera: a infância . a minha vida dava um post . afirmações identitárias . a troubled cure for a troubled mind . april was the cruellest month . aquele canto escuro que tudo sabe . as coisas que me passam pela cabeça . fruto saturnino (conhecimento do inferno) . gotham style . mafarricar por aí . Mafia . morto amado nunca mais pára de morrer . o exílio e o reino . os diálogos imaginários . os infernos almofadados . RE: de mail . sina de mulher de bandido . the woman who could not live with her faulty heart . um lugar onde pousar a cabeça   .  correio sentimental


scriptorium: (des)considerações sobre arte . a noite . and death shall have no dominion . angularidades . bicho escala-estantes . do frio . do medo . escrever . exercícios . exercícios de anatomia . exercícios de respiração . exercícios de sobrevivência . Ítaca . lunário . mediterrânica . minimal . parágrafos mínimos . poemas . poemas mínimos . substâncias . teses, tratados e outras elocubrações quase científicas  .  um rumor no arvoredo


grandes amores: a thing of beauty is a joy forever . grandes amores . abraços . Afta . árvores . cat powa . colectânea de explicações avulsas da língua portuguesa  .  declaração de amor a um objecto . declaração de amor a uma cidade . desolação magnífica . divas e heróis . down the rabbit hole . drogas duras . drogas leves . esqueletos no armário . filmes . fotografia . geometrias . heart of darkness . ilustraçãoinício . matéria solar . mitologias . o mar . os livros . pintura . poesia . sol nascente . space is the place . the creatures inside my head . Twin Peaks . us people are just poems . verão  .  you're the night, Lilah


do quotidiano: achados imperdíveis . acidentes quotidianos e outros desastres . blogspotting . carpe diem . celebrações . declarações de emergência . diz que é uma espécie de portfolio . férias  .  greves, renúncias e outras rebeliões . isto anda tudo ligado . livro de reclamações . moleskine de viagem . níveis mínimos de suporte de vida . o existencialismo é um humanismo . só estão bem a fazer pouco


nomes: Aimee Mann . Al Berto . Albert Camus . Ana Teresa Pereira  . Bauhaus . Bismarck . Björk . Bond, James Bond . Camille Claudel . Carlos de Oliveira . Corto Maltese . Edvard Munch . Enki Bilal . Fight Club . Fiona Apple . Garfield . Giacometti . Indiana Jones . Jeff Buckley  .  Kavafis . Klimt . Kurt Halsey . Louise Bourgeois . Malcolm Lowry . Manuel de Freitas . Margaret Atwood . Marguerite Duras . Max Payne . Mia Couto . Monty Python . Nick Drake . Patrick Wolf  .  Sophia de Mello Breyner Andresen . Sylvia Plath . Tarantino . The National . Tim Burton


os outros: a natureza do mal . amigos . dedicatórias . em busca da límpida medida . retalhos e recortes



---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

...it's full of stars...


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

blogspot stats