quarta-feira, 27 de setembro de 2006



The Travelling Journal Project





o Travelling Journal é um projecto baseado num conceito que não é novo, iniciado por cá pela Leda Cruz, a que eu estou apenas a dar continuidade: pega-se num caderno, usa-se algumas páginas para fazer o que bem se entender (escrever, desenhar, pintar, fazer colagens, ilustração, ...) e passa-se o caderno a outra pessoa, que o utilizará do mesmo modo. no final, cria-se um diário de imagens colectivo, que ficará na posse do seu criador, mas cujo conteúdo ficará inteiramente publicado online.

as regras para a participação e toda a história deste projecto encontram-se disponíveis no site, que vos convido a visitar. desde já peço também a vossa colaboração para divulgar o projecto nos vossos blogs, homepages, myspace, whatever, e é claro, para se inscreverem directamente para participar. vai ser giro. please help. passem a palavra e não tenham vergonha. expressem-se. :)



Etiquetas: ,


posted by saturnine | 00:33 | 4 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 25 de setembro de 2006



aviso à navegação


durante alguns dias é possível que o lbs fique ligeiramente irreconhecível. andamos em obras por aqui, mas tudo para melhor vos servir. andamos a ver se diminuímos os Active X e os posts desengonçados pelo tempo (sim, que eu ainda sou romântica ao ponto de acreditar que alguém me lê os arquivos - yeah, right).

posted by saturnine | 21:13 | 4 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 17 de setembro de 2006




Let there be more light














































© Amanda Marsallis





Etiquetas:


posted by saturnine | 16:02 | 8 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 15 de setembro de 2006




retrato de outono #2



Museu Nacional de Arte Antiga | 2006




~*.some kind of light into your darkness.*~






posted by saturnine | 18:56 | 5 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 13 de setembro de 2006




retrato de outono



Beth Gibbons & Rustin Man



How can I forget your tender smile
Moments that I have shared with you
Our hearts may break
But they're on their way
And there's nothing I can do


Ohh...

So do what you're gotta do
And don't misunderstand me
You know you don't ever have to worry 'bout me
I'd do it again

I can understand that it can't be
Guess it's hard as you were meant for me
But I can't hide my own despair
I guess I never will

Ohh...

So do what you're gotta do
And don't misunderstand me
You know you don't ever have to worry 'bout me
I'd do it again

So tired of life
No fairytale
So hold your fire
'Cause I need you


Ohh...

Just do what you're gotta do
And don't misunderstand me
You know you don't ever have to worry 'bout me
I'd do it again

Do what you're gotta do
And don't misunderstand me
You keep going over every word that we've said
But you don't have to worry
About me


Tom the model





Etiquetas: , ,


posted by saturnine | 23:50 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 12 de setembro de 2006




Blockbomba


eu sei sempre quando a Charlotte me linka. um súbito boost registado pelo meu fiel sitemeter, leva-me a confirmar o suspeitado. após tantos meses à beira do bloguicídio, um destaque é assim uma lufada de ar fresco. :)



Etiquetas:


posted by saturnine | 03:47 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



early season equinox


hoje foi o primeiro dia de Setembro. as sandálias nos pés e as costas descobertas garantem-me o sabor a verão, mas o céu cinzento e o ar fresco que pede casaco asseguram-me o tempo das despedidas. foi dia de suave melancolia, o primeiro em que os regressos se impõem inequívocos como pedras ao sol. é tempo de regressar ao interior da terra, de arder, de tornar fértil o silêncio e a cinza, morrer, morrer à procura da renovação. porque as estações se medem aos ritmos internos, hoje foi dia para:






Hope Sandoval & The Warm Inventions | Bavarian Fruit Bread






Beth Gibbons & Rustin Man | Out of Season



Etiquetas: , ,


posted by saturnine | 03:04 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 9 de setembro de 2006




dos improváveis cenários


reparem, já lá vão perto de 4 anos. há cansaço, há fuga, há recusa. depois um dia, inexplicavelmente, reconhece-se novamente os lugares. melhor que isso, voltam a pertencer-nos. voltamos a pertencer-lhes. com o regresso, vem a comoção, em periódicos episódios. o Bruno é um gajo que compreende. uma ternura. abraço deste lado.



Etiquetas: ,


posted by saturnine | 12:41 | 4 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



a thing of beauty is a joy forever #4



Lamb | All in your hands
Festival do Sudoeste, 2000




e sim, eu estou ali à frente.



Etiquetas:


posted by saturnine | 02:20 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



The little differences


uma casa não é casa por ter quatro paredes. é casa pelos objectos, pelos móveis, pelos quadros, pelos cheiros, pelos livros. aqui, não se respirava. veio abril e morria-se. não adianta tentar segurar o verão (ou como diria o Tom Waits, you can never hold back spring). agora, estamos de novo em casa.



Etiquetas: ,


posted by saturnine | 01:40 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



aviso à navegação


por razões de higiene, tive mesmo que eliminar a segunda caixa de comentários, que estava a ser finalmente invadida por spam. se vos apetecer repetir comentários, estejam à vontade, se não ficam os outros na memória. Paulo, Magarça, Deus é mesmo um artista, que leva muito muito tempo. :)

posted by saturnine | 01:25 | 1 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 8 de setembro de 2006




News from the next world


O Peter Murphy pode estar careca





mas ainda é o homem mais bonito do mundo:







Etiquetas: ,


posted by saturnine | 23:56 | 1 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 6 de setembro de 2006




Pedra-coração


a Magarça encontrou uma pedra-coração na areia de Vale Figueira. como ela, eu sei que não são perdidos os dias dedicados às pedras. esta trouxe-a eu, tal e qual, das areias negras de Diskó:






Etiquetas: , ,


posted by saturnine | 00:15 | 1 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 5 de setembro de 2006



It's only words


Nós tínhamos só as palavras. E esqueceramo-nos que ter só as palavras é não ter absolutamente nada, do tão pouco que dizem de nós. É um equívoco do amor, nunca te encontrei em nenhuma das coisas que escreveste. E em nenhum outro lugar exististe tanto.



Etiquetas: ,


posted by saturnine | 22:37 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



things of beauty


não é um estado, é uma condição. a comoção é inalienável. nenhum ferro em brasa apaga do interior do corpo a linguagem que o constrói. a ferida é subsistência. o deserto é lugar. a distância é a matéria interposta entre o medo e o sono. my blog is my blog is my life.



Etiquetas: , ,


posted by saturnine | 01:50 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



a thing of beauty is a joy forever #3



imagem daqui.




Johnny Cash | Hurt

(I hurt myself today/to see if I still feel/I focus on the pain/the only thing that's real)





Joseph Arthur | A smile that explodes

(But it ain't easier/ waking up at sawn to find I've lost my crown)





Jeff Buckley | Forget her

(Don't fool yourself/she was heartache from the moment that you met her)





Songs Ohia | Hold on, magnolia

(Before the dark finally gets a hold of me)





Magnolia Electric Co. | I cannot have seen the light

(I can’t remember what comes first/Is it the hurt/Or knowing that it hurts)





Silver Jews | I remember me

(he almost walked into a wall)





Tortoise & Bonnie "Prince" Billy | Calvary Cross

(I'll hurt you til' you need me)





Tortoise & Bonnie "Prince" Billy | (Some say) I got devil

(Some say I got devil /Some say I got angel/But I'm just a girl in trouble)



Etiquetas: , ,


posted by saturnine | 01:28 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 2 de setembro de 2006




a thing of beauty is a joy forever #2


Em Creta
Onde o Minotauro reina
Banhei-me no mar


Há uma rápida dança que se dança em frente de um toiro
Na antiquíssima juventude do dia
Nenhuma droga me embriagou me escondeu me protegeu
Só bebi retsina tendo derramado na terra a parte que pertence aos deuses

De Creta
Enfeitei-me de flores e mastiguei o amargo vivo das ervas
Para inteiramente acordada comungar a terra
De Creta
Beijei o chão como Ulisses
Caminhei na luz nua

Devastada era eu própria como a cidade em ruína
Que ninguém reconstruiu
Mas no sol dos meus pátios vazios
A fúria reina intacta
E penetra comigo no interior do mar
Porque pertenço à raça daqueles que mergulham de olhos abertos
E reconhecem o abismo pedra a pedra anémona a anémona flor a flor
E o mar de Creta por dentro é todo azul
Oferenda incrível de primordial alegria
Onde o sombrio Minotauro navega


Pinturas ondas colunas e planícies
Em Creta
Inteiramente acordada atravessei o dia
E caminhei no interior dos palácios veementes e vermelhos
palácios sucessivos e roucos
Onde se ergue o respirar da sussurrada treva
E nos fitam pupilas semi-azuis de penumbra e terror
Imanentes ao dia –
Caminhei no palácio dual de combate e confronto
Onde o Príncipe dos Lírios ergue os seus gestos matinais

nenhuma droga me embriagou me escondeu me protegeu
O Dionysos que dança comigo na vaga não se vende em nenhum mercado negro
Mas cresce como flor daqueles cujo ser
Sem cessar se busca e se perde e se desune e se reúne
E esta é a dança do ser

Em Creta
Os muros de tijolo da cidade minóica
São feitos com barro amassado com algas
E quando me virei para trás da minha sombra
Vi que era azul o sol que tocava o meu ombro

Em Creta onde o Minotauro reina atravessei e vaga
De olhos abertos inteiramente acordada
Sem drogas e sem filtro
Só vinho bebido em frente da solenidade das coisas –
Porque pertenço à raça daqueles que percorrem o labirinto,
Sem jamais perderem o fio de linho da palavra

Sophia de Mello Breyner Andresen

















Creta
© lbs 2006





[ + ] para ver mais imagens de Creta, visitar a sala de exposições.

Etiquetas: , , , ,


posted by saturnine | 20:47 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 1 de setembro de 2006




a thing of beauty is a joy forever *





Songs Ohia | Hold on, magnolia


Hold on Magnolia to that great highway moon
No one has to be that strong

But if you’re stubborn like me
I know what you’re trying to be
Hold on Magnolia, I hear that station bell ring
You might be holding the last light I see
Before the dark finally gets a hold of me
Hold on Magnolia, I know what a true friend you’ve been
In my life I have had my doubts
But tonight I think I’ve worked it out with all of them
Hold on Magnolia to the thunder and the rain
To the lightning that has just signed my name to the bottom line
Hold on Magnolia, I hear that lonesome whistle whine
Hold on Magnolia
I think its almost time












-------------------------------
* John Keats



Etiquetas: , ,


posted by saturnine | 18:30 | 0 Comentários


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

spot player special




"us people are just poems"
[ani difranco]


*

calamity.spot[at]gmail.com



~*. through the looking glass .*~




little black spot | portfolio
Baucis & Philemon | tea for two
os dias do minotauro | against demons
menina tangerina | citrus reticulata deliciosa
the woman who could not live with her faulty heart | work in progress
pale blue dot | sala de exposições
o rosto de deus | fairy tales








---------------------------------------------------------------------------------------------------------------


~*. rearview mirror .*~


Maio 2003 . Junho 2003 . Julho 2003 . Agosto 2003 . Setembro 2003 . Outubro 2003 . Novembro 2003 . Dezembro 2003 . Janeiro 2004 . Fevereiro 2004 . Março 2004 . Abril 2004 . Maio 2004 . Junho 2004 . Julho 2004 . Agosto 2004 . Setembro 2004 . Outubro 2004 . Novembro 2004 . Dezembro 2004 . Janeiro 2005 . Fevereiro 2005 . Março 2005 . Abril 2005 . Maio 2005 . Junho 2005 . Julho 2005 . Agosto 2005 . Setembro 2005 . Outubro 2005 . Novembro 2005 . Dezembro 2005 . Janeiro 2006 . Fevereiro 2006 . Março 2006 . Abril 2006 . Maio 2006 . Junho 2006 . Julho 2006 . Agosto 2006 . Setembro 2006 . Outubro 2006 . Novembro 2006 . Dezembro 2006 . Janeiro 2007 . Fevereiro 2007 . Março 2007 . Abril 2007 . Maio 2007 . Junho 2007 . Julho 2007 . Agosto 2007 . Setembro 2007 . Outubro 2007 . Novembro 2007 . Dezembro 2007 . Janeiro 2008 . Fevereiro 2008 . Março 2008 . Abril 2008 . Maio 2008 . Junho 2008 . Julho 2008 . Agosto 2008 . Setembro 2008 . Outubro 2008 . Novembro 2008 . Dezembro 2008 . Janeiro 2009 . Fevereiro 2009 . Março 2009 . Abril 2009 . Maio 2009 . Junho 2009 . Julho 2009 . Agosto 2009 . Setembro 2009 . Outubro 2009 . Novembro 2009 . Dezembro 2009 . Janeiro 2010 . Fevereiro 2010 . Março 2010 . Maio 2010 . Junho 2010 . Julho 2010 . Agosto 2010 . Outubro 2010 . Novembro 2010 . Dezembro 2010 . Janeiro 2011 . Fevereiro 2011 . Março 2011 . Abril 2011 . Maio 2011 . Junho 2011 . Julho 2011 . Agosto 2011 . Setembro 2011 . Outubro 2011 . Janeiro 2012 . Fevereiro 2012 . Março 2012 . Abril 2012 . Maio 2012 . Junho 2012 . Setembro 2012 . Novembro 2012 . Dezembro 2012 . Janeiro 2013 . Janeiro 2014 .


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------


~*. spying glass .*~


a balada do café triste . ágrafo . albergue dos danados . almanaque de ironias menores . a natureza do mal . animais domésticos . antologia do esquecimento . arquivo fantasma . a rute é estranha . as aranhas . as formigas . as pequenas estruturas do ócio . atelier de domesticação de demónios . atum bisnaga . auto-retrato . avatares de um desejo . baggio geodésico . bananafish . bibliotecário de Babel . bloodbeats . caixa-de-lata . casa de cacela . chafarica iconoclasta . coisa ruim . com a luz acesa . comboio de fantasmas . complicadíssima teia . corpo em excesso de velocidade . daily make-up . detective cantor . dias com árvores . dias felizes . e deus criou a mulher . e.g., i.e. . ein moment bitte . em busca da límpida medida . em escuta . estado civil . glooka . i kant, kant you? . imitation of life . isto é o que hoje é . last breath . livros são papéis pintados com tinta . loose lips sink ships . manuel falcão malzbender . mastiga e deita fora . meditação na pastelaria . menina limão . moro aqui . mundo imaginado . não tenho vida para isto . no meu vaso . no vazio da onda . o amor é um cão do inferno . o leitor sem qualidades . o assobio das árvores . paperback cell . pátio alfacinha . o polvo . o regabofe . o rosto de deus . o silêncio dos livros . os cavaleiros camponeses no ano mil no lago de paladru . os amigos de alex . Paris vs. New York . passeio alegre . pathos na polis . postcard blues . post secret . provas de contacto . respirar o mesmo ar . senhor palomar . she hangs brightly . some variations . tarte de rabanete . tempo dual . there is only 1 alice . tratado de metatísica . triciclo feliz . uma por rolo . um blog sobre kleist . vazio bonito . viajador


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------


~*. the bell jar .*~



os lugares comuns: against demons . all work and no play . compêndio de vocações inúteis  .  current mood . filosofia e metafísica quotidiana . fruta esquisita menina aflita . inventário crescente de palavras mais-que-perfeitas . miles to go before I sleep . música no coração  .  música para o dia de hoje . o ponto de vista dos demónios . planos para dominar o mundo . this magic moment  .  you came on like a punch in the heart . you must believe in spring


egosfera: a infância . a minha vida dava um post . afirmações identitárias . a troubled cure for a troubled mind . april was the cruellest month . aquele canto escuro que tudo sabe . as coisas que me passam pela cabeça . fruto saturnino (conhecimento do inferno) . gotham style . mafarricar por aí . Mafia . morto amado nunca mais pára de morrer . o exílio e o reino . os diálogos imaginários . os infernos almofadados . RE: de mail . sina de mulher de bandido . the woman who could not live with her faulty heart . um lugar onde pousar a cabeça   .  correio sentimental


scriptorium: (des)considerações sobre arte . a noite . and death shall have no dominion . angularidades . bicho escala-estantes . do frio . do medo . escrever . exercícios . exercícios de anatomia . exercícios de respiração . exercícios de sobrevivência . Ítaca . lunário . mediterrânica . minimal . parágrafos mínimos . poemas . poemas mínimos . substâncias . teses, tratados e outras elocubrações quase científicas  .  um rumor no arvoredo


grandes amores: a thing of beauty is a joy forever . grandes amores . abraços . Afta . árvores . cat powa . colectânea de explicações avulsas da língua portuguesa  .  declaração de amor a um objecto . declaração de amor a uma cidade . desolação magnífica . divas e heróis . down the rabbit hole . drogas duras . drogas leves . esqueletos no armário . filmes . fotografia . geometrias . heart of darkness . ilustraçãoinício . matéria solar . mitologias . o mar . os livros . pintura . poesia . sol nascente . space is the place . the creatures inside my head . Twin Peaks . us people are just poems . verão  .  you're the night, Lilah


do quotidiano: achados imperdíveis . acidentes quotidianos e outros desastres . blogspotting . carpe diem . celebrações . declarações de emergência . diz que é uma espécie de portfolio . férias  .  greves, renúncias e outras rebeliões . isto anda tudo ligado . livro de reclamações . moleskine de viagem . níveis mínimos de suporte de vida . o existencialismo é um humanismo . só estão bem a fazer pouco


nomes: Aimee Mann . Al Berto . Albert Camus . Ana Teresa Pereira  . Bauhaus . Bismarck . Björk . Bond, James Bond . Camille Claudel . Carlos de Oliveira . Corto Maltese . Edvard Munch . Enki Bilal . Fight Club . Fiona Apple . Garfield . Giacometti . Indiana Jones . Jeff Buckley  .  Kavafis . Klimt . Kurt Halsey . Louise Bourgeois . Malcolm Lowry . Manuel de Freitas . Margaret Atwood . Marguerite Duras . Max Payne . Mia Couto . Monty Python . Nick Drake . Patrick Wolf  .  Sophia de Mello Breyner Andresen . Sylvia Plath . Tarantino . The National . Tim Burton


os outros: a natureza do mal . amigos . dedicatórias . em busca da límpida medida . retalhos e recortes



---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

...it's full of stars...


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

blogspot stats